Plástico Brasil vai ajudar a impulsionar setor de borracha

Feira acontece no primeiro trimestre de 2017 (20 a 24 de março), quando medidas para retomada da atividade econômica começarão a dar primeiros resultados.

Setores industriais consumidores de borracha vão aproveitar oportunidades oferecidas pelo evento para suprir necessidades de tecnologia e insumos a partir de soluções oferecidas pelas empresas expositoras.

De agosto para setembro deste ano, o grupo “fabricação de produtos de borracha” subiu 3,2%, de acordo com o IBGE. Muito embora o setor tenha sofrido nos últimos anos com a retração das indústrias de automóveis, máquinas e equipamentos e construção civil – principais consumidores de artefatos de borracha – o recente indicador aponta para uma retomada gradual dos negócios.

Nesse contexto de recuperação, a Plástico Brasil – Feira Internacional do Plástico e da Borracha se posiciona como uma importante ferramenta para alavancar os negócios de toda a cadeia da borracha.

Iniciativa da ABIMAQ – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos e da ABIQUIM – Associação Brasileira da Indústria Química, com organização e promoção da Informa Exhibitions, o evento acontece de 20 a 24 de março de 2017, quando as ações e programas de incentivo que vêm sendo implementados pelo Governo nos últimos meses terão seus resultados mais visíveis.

“O período de realização da Plástico Brasil vai ajudar a impulsionar muito as vendas das indústrias do plástico e da borracha”, diz Liliane Bortoluci, diretora da feira. “A indústria, hoje com demanda reprimida, vai explorar as oportunidades oferecidas pelo evento para suprir suas necessidades em termos de tecnologia, soluções e insumos”.

Para Liliane, a grande adesão das empresas à Plástico Brasil se deve ao fato de que a feira traz novas propostas ao mercado e mantém seu foco no desenvolvimento e fortalecimento das indústrias e de toda a cadeia do plástico e da borracha. “Num período de economia em lento aquecimento, as empresas precisam investir em ações e ideias diferentes. A Plástico Brasil está trabalhando para trazer aos expositores novos mercados, novos clientes”.

A Plástico Brasil será palco dos últimos avanços tecnológicos e tendências globais dos diversos segmentos que compõem a cadeia produtiva do plástico: instrumentação, controle e automação, máquinas, equipamentos e acessórios, moldes e ferramentas, produtos básicos e matérias-primas, reciclagem, resinas sintéticas, serviços e projetos técnicos e outros.

Para negociar com esses players, os organizadores vão atrair uma visitação altamente qualificada de transformadores e profissionais de setores consumidores, como como construção civil, automóveis e autopeças, agricultura, móveis, eletrônicos, instrumentos médicos, vestuário e calçados, eletrodomésticos e químico.

Liliane cita também, como vantagens da Plástico Brasil, a realização no melhor pavilhão de exposições da América Latina. O São Paulo Expo Exhibition & Convention Center oferece 4,5 mil vagas de estacionamento cobertas, climatização em todo o pavilhão, proximidade com o metrô, o aeroporto de Congonhas, e o Rodoanel, e a grande rede hoteleira no entorno.

Apoios

Outro diferencial da Plástico Brasil é o forte apoio que vem recebendo das principais entidades representativas da indústria. Atualmente, mais de 57 dessas entidades, do Brasil e do exterior, já confirmaram seu apoio. É o caso, por exemplo, da CNI – Confederação Nacional da Indústria, FIESP – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo e outras 5 federações.

“Todo esse apoio é refletido tanto no mix de expositores da feira, quanto em visitantes”, lembra Liliane. “Dentro da Fiesp e das demais federações estão os principais sindicatos e empresas ligadas não apenas ao segmento de transformação do plástico e da borracha, mas também a segmentos que têm interesse direto no setor, como a indústria automotiva, da construção civil, de alimentos e bebidas e dezenas de outros mercados”.

No âmbito internacional, a Plástico Brasil é a única feira brasileira a receber apoio oficial da EUROMAP – European Plastics and Rubber Machinery, que agrega os fabricantes europeus de máquinas de plásticos e borracha. Por se tratar da feira oficial do setor, a Plástico Brasil tem exclusividade na parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) para a realização do programa de estímulo às exportações, o Brazilian Machinery.

Sobre a Plástico Brasil

Uma iniciativa da ABIMAQ – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos e da ABIQUIM – Associação Brasileira da Indústria Química, com organização e promoção da Informa Exhibitions, a Plástico Brasil será palco dos últimos avanços tecnológicos e tendências globais dos diversos segmentos que compõem a cadeia produtiva do plástico: instrumentação, controle e automação, máquinas, equipamentos e acessórios, moldes e ferramentas, produtos básicos e matérias-primas, reciclagem, resinas sintéticas, serviços e projetos técnicos e outros.

O evento está recebendo uma visitação altamente qualificada de transformadores e profissionais da indústria do plástico, que atendem e atuam em diversos segmentos, como construção civil, automóveis e autopeças, agricultura, móveis, eletrônicos, instrumentos médicos, vestuário e calçados e eletrodomésticos, entre outros.

Realização

A ABIMAQ - A Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos representa cerca de 7.800 empresas dos mais diferentes segmentos fabricantes de bens de capital mecânicos, cujo desempenho tem impacto direto sobre os demais setores produtivos nacionais e está estruturada nacionalmente com a sede em São Paulo, nove regionais e um Escritório Político em Brasília.

Muito além da representação institucional do setor, a ABIMAQ tem a sua gestão profissionalizada e as suas atividades voltadas para a geração de oportunidades comerciais para as suas associadas, realizando ações junto às instâncias políticas e econômicas, estimulando o comércio e a cooperação internacionais e contribuindo para aprimorar seu desempenho em termos de tecnologia, capacitação de recursos humanos e modernização gerencial.

A ABIQUIM – Associação Brasileira da Indústria Química é uma entidade sem fins lucrativos fundada em 16 de junho de 1964, que congrega indústrias químicas de grande, médio e pequeno portes, bem como prestadores de serviços ao setor químico nas áreas de logística, transporte, gerenciamento de resíduos e atendimento a emergências. A associação realiza o acompanhamento estatístico do setor, promove estudos específicos sobre as atividades e produtos da indústria química, acompanha as mudanças na legislação e assessora as empresas associadas em assuntos econômicos, técnicos e de comércio exterior. A entidade ainda representa o setor nas negociações de acordos internacionais relacionados a produtos químicos.

A Informa Exhibitions acredita que eventos são plataformas de conhecimento e de relacionamento, que auxiliam a impulsionar a economia brasileira. A empresa é filial do Informa Group, maior organizador de eventos, conferências e treinamentos do mundo, com capital aberto e papéis negociados na bolsa de Londres. Dentre os eventos realizados pela Informa Exhibitions no Brasil estão: Agrishow, Fispal Tecnologia, Fispal Food Service, ForMóbile, FutureCom, ABF Franchising Expo, SerigrafiaSign e Feimec, num total de 24 feiras setoriais. A Informa Exhibitions possui escritórios em São Paulo (sede) e Curitiba, com cerca de 200 profissionais.  Nos últimos quatro anos, a empresa investiu cerca de R$ 400 milhões no Brasil em aquisições de eventos e marcas, o que levou a decisão estratégica de alterar o nome da empresa no Brasil de BTS Informa para Informa Exhibitions.

Para mais informações, acesse: www.informaexhibitions.com.br

Sobre a Apex-Brasil - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) tem a missão de desenvolver a competitividade das empresas brasileiras, promovendo a internacionalização dos seus negócios e a atração de investimentos estrangeiros diretos. Em parceria com entidades setoriais, a Agência organiza ações de promoção comercial, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em feiras internacionais e visitas de compradores estrangeiros para conhecer a estrutura produtiva brasileira. Também coordena os esforços de atração de investimentos estrangeiros diretos (IED) para o País, trabalhando na identificação de oportunidades de negócios e na promoção de eventos estratégicos e garantindo apoio ao investidor estrangeiro durante todo o processo no Brasil. Para mais informações, acesse:  www.apexbrasil.com.br

Sobre o Programa Brazil Machinery Solutions - Fruto da parceria entre a ABIMAQ (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos) e a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), o Programa BrazilMachinerySolutions visa à promoção das exportações brasileiras de máquinas e equipamentos, assim como fortalecer a imagem do Brasil como fabricante de bens de capital mecânico. O BMS possui atualmente mais de 300 empresas-membro, que atuam nos mais diversos setores, como o agrícola, têxtil, de mineração, plástico, saneamento básico, entre outros. Para mais informações, acesse: www.brazilmachinery.com